Digam NÃO às anestesias! – Provocam aquecimento global.. .

Date: Tue, 7 Dec 2010 04:11:17 +0000

Viva!

Via Wattsupwiththat, trago-vos um artigo científico (HUUUUUU!) sobre os gases anestésicos que dão cabo da camada do ozono e contribuem mais que o dióxido de carbono para o aquecimento global – o que é fascinante na medida em que o conhecimento que nos anos oitenta se tinha sobre a Camada de Ozono revelou-se um absurdo, daí não haver mais notícias sobre este não-assunto, mas, ainda há quem pegue em teorias desacreditadas e consiga chegar aos noticiários de países periféricos como o nosso, embora com as calinadas científicas do costume, ou seja, dizer mais e pior que aquilo que os autores dizem: http://sic.sapo.pt/online/noticias/vida/anestesias+gasosas+poluem+tanto+num+ano+como+um+milhao+de+automoveis.htm .

Mas, veja-se o comunicado da Universidade de Copenhaga (coincidência em plena Conferência de Cancún?) e o artigo original.

Uma simples interrogação de um simples mortal (cuja inteligência é incomparavelmente inferior àqueles modelos computorizados que custam milhões de dólares e não são capazes de reproduzir o clima passado, mas, prevêm com exatidão o clima futuro, melhor que a Maya!): se o dióxido de carbono atmosférico, medido a dois mil metros de altitude num vulcão no Hawai, é de aproximadamente 380 partes por milhão e, no caso destes gases que ajudam as pessoas a sentir menos dores quando vão à faca, estamos a falar de valores insignificantes, há motivo para tanta doutrinação mediática?

Eu compreendo que alguma coisa tem de haver porque já nem os dados que dizem 2010: o ano mais quente desde 19xx (escolham o ano mais conveniente), pegam! Por um lado temos as temperaturas ajustadas a impingir o Aquecimento Global, por outro temos as temperaturas RAW e as de satélite na baixa troposfera a dizer-nos que o ano foi frio e a confirmar a verdade inconveniente: o ciclo natural é de arrefecimento.

Já sabem! Se tiverem de ser operados, é à antiga!

A sangue frio… Quanto a mim, como o Inverno veio mais cedo, já semeei os pimentos e os tomates em alfobre (o ano passado não consegui ter tomates porque fui na tanga da permacultura em vez de dar ouvidos a quem sabe – em quinze pés, consegui transplantar um pé de dez centimetros que acabou todo comido pelo míldio). Mas atenção, porque Março é o mês das geadas, em Abril águas mil e Maio é o mês das trovoadas! E era assim que gerações de europeus se guiavam e cultivavam e alimentavam antes de haver climatólogos e especialistas em alterações climáticas.

E, nem que seja para levar pontos, droguem-me com todos os gases que tiverem à mão! Que eu só de olhar para agulhas, c***-me todo!

Cumprimentos!
António Gaito

O texto acima foi escrito com o maior desprezo pelo Acordo Ortográfico.

António Lopes Pereira Gaito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: