Ecologia, o novo nazismo!

Date: Thu, 24 Jun 2010 00:27:00 +0100

Viva!

Não vou entrar em argumentos sobre a Teoria das Alterações Climáticas de Origem Antropogénica já que, por várias vezes, me dirigi a vós sobre esse tema e espero que tenha servido para, em vez de repetirem a lengalenga da comunicação social e decisores políticos, tenham visto os dados com os vossos olhos e interpretado a informação para formular uma opinião fundamentada.

Hoje venho falar-vos do autêntico neo-nazismo que representa este artigo recém publicado na Proceedings of the National Academy of Sciences:

«Expert credibility in climate change»

http://www.pnas.org/content/early/2010/06/04/1003187107.full.pdf+html , co-redigido por um dos principais envolvidos no escândalo Climategate, Stephen Schneider. Isto vem no seguimento de uma “lista negra” publicada aqui http://www.eecg.utoronto.ca/~prall/climate/skeptic_authors_table.html em que se cadastra os principais cientistas que criticam os procedimentos e conclusões do IPCC e dos eco-fascistas do costume.

Na Alemanha nazi, os judeus tinham de andar na rua com uma estrela amarela que os identificasse. Não tarda muito, é o que acontece a quem seguir os métodos científicos e não engolir o que lhe puserem à frente sem confirmar a veracidade… Vale a pena ler este artigo do Roy Spencer http://wattsupwiththat.com/2010/06/22/spencer-the-inquisition/#more-20919 em que esta lista stasiesca (a STASI, polícia política da Alemanha comunista, era conhecida por elaborar este tipo de listas) é comparada à Inquisição.

Cumprimentos!

António Gaito

Uma resposta to “Ecologia, o novo nazismo!”

  1. Ecologismo como religião « Quarta República Says:

    […] No discurso «Environmentalism as a religion» demonstra-se como, com a perda de valores da civilização ocidental e, sobretudo, da sociedade urbana, o ecologismo veio ocupar o lugar deixado vago pelas religiões. Mais que isso, o ecologismo desligou-se das raízes enquanto movimento social e da argumentação científica, tornando-se indiferente à veracidade ou falsidade dos autênticos dogmas em que assenta. Quem não alinhar no discurso politicamente correcto desta religião é um herege e merece ser punido ou ostracizado. […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: