Temperaturas de satélite 2010

Date: Tue, 4 Jan 2011 02:11:03 +0000

Viva!

Já são conhecidos os valores de anomalia de temperatura medidos por satélite (os fiáveis), respeitantes a Dezembro de 2010.

Para os que não costumam acompanhar, passo a explicar o gráfico: as temperaturas só começaram a ser medidas por satélite em 1979, daí o gráfico começar nesse ano; cada ponto representa um mês; os valores apresentados não são da temperatura média , mas sim, da anomalia em relação à média; os zero graus Celsius são a média 1981-2010. Ou seja, se a anomalia em Dezembro de 2010 foi +0,18C isto significa que no conjunto do planeta, o mês foi 0,18C mais quente que a média dos Dezembros entre 1981 e 2010.

2010 começou com um El Niño quase tão forte como o de 1998 (o segundo ano mais quente desde que se começou a registar temperaturas, por volta de 1850 – 1934 foi o mais quente), daí a anomalia do ano 2010 – +0,411C – ser a segunda maior neste conjunto, a seguir aos +0,424C de 1998. A queda abrupta das anomalias a partir de Agosto deve-se à passagem da El Niño Southern Oscilation, no Oceano Pacífico, para a fase La Niña.

Temos, portanto, o seguinte panorama: a El Niño Southern Oscilation apresenta uma La Niña particularmente intensa, como é perceptivel no segundo gráfico; o Ciclo Solar 24 continua muito fraco (50% da actividade experada e quase ao nível do mínimo de Dalton no séc.XIX, o último período frio da Pequena Idade do Gelo), como se vê no terceiro gráfico; a North Atlantic Oscilation teima em não sair da fase negativa, como se vê no quarto gráfico e na carta do Instituto de Meteorologia e, como fundo para tudo isto, se tirarmos o El Niño 2009-2010, a tendência natural desde 2000 é de arrefecimento.

Quer isto dizer que 2011 vai ser um ano frio? Não me admiro se no Verão começarmos a ter anomalias negativas… Veja-se a rapidez com que arrefeceu a seguir ao El Niño de 1998!

Cumprimentos!
António Gaito

O texto acima foi escrito com o maior desprezo pelo Acordo Ortográfico.

António Lopes Pereira Gaito

Uma resposta to “Temperaturas de satélite 2010”

  1. 2010 NÃO FOI o ano mais quente de que há registo! « Quarta República Says:

    […] seguimento de algumas confusões que não foram dissipadas com o artigo «Temperaturas de satélite 2010», parece-me importante fornecer estes dados a quem não os conhece, tal como a quem continua a […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: