Sobrevivência das espécies ameaça modelos informáticos

Viva!

De um dos autores do blog Ambio, chega-nos um estudo que vale aquilo que vale: «Climate change threatens European conservation areas» – j.1461-0248.2011.01610.x.

Parece que até 2080, cerca de 58% das espécies nas áreas protegidas da Europa vão perder um clima que lhes é favorável, o que pode fazê-las deslocar-se para outras áreas ou desaparecer. Em que é que se baseiam estas conclusões? Nos famosos modelos de previsão climática que não conseguem reconstituir o clima passado, nem explicar o clima actual, nem prever o clima futuro.

Nos 4,6 mil milhões de anos da Terra, sempre houve alterações climáticas. A maior parte das espécies que existiram no planeta extinguiu-se e uma pequena parte prosperou – a evolução é uma excepção, a extinção é a regra! Nestes 10.000 anos, desde o fim da última idade do gelo, estas espécies têm-se adaptado a todas alterações climáticas, às fases mais frias e às fases mais quentes. Parece-me, nesta tendência de arrefecimento, que a única coisa que tem a sobrevivência ameaçada são os modelos informáticos utilizados na previsão do clima…

Cumprimentos!

António Gaito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: