Para que serve o resgate de 80 mil milhões de Euros?

Viva!

Fui alertado por email para este artigo do Camilo Lourenço: http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=477923.

Podemos mentalizar-nos que o grosso do resgate pedido à União Europeia vai para pagar a Dívida Pública que atinge a maturidade nos próximos meses – primeiro estão os credores, depois os portugueses -, em vez de esta ser reestruturada. O restante vai para ajudar os bancos a continuar o processo multiplicador pelo crédito, em vez de reformar a fundo o modo de financiamento da economia.

No imediato, estamos a alimentar mais uma bolha que, quando rebentar, vai provocar uma crise pior que esta! Portanto, o maior receio não deve ser uma crise de liquidez no sistema bancário, mas, uma crise DE TUDO daqui a uns dez anos. E se houver uma corrida aos bancos, nada como o intervencionismo estatal para os salvar, em vez de deixar o mercado limpar o sistema das “ovelhas negras”… Nós, contribuintes, pagamos e não bufamos!

Cumprimentos!

António Gaito

Uma resposta to “Para que serve o resgate de 80 mil milhões de Euros?”

  1. Entre o corralito e o funeral do Euro « Quarta República Says:

    […] contrário da norma historiográfica, vamos começar pelo presente: já fui a favor de uma reestruturação da nossa Dívida Pública. Mas, nós não temos o privilégio da Islândia que tem uma moeda […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: