A diferença entre F.M.I. e Comissão Europeia

«Soyuz nerushimy respublik svobodnykh...» - http://www.youtube.com/watch?v=UPfUvsXo7gE

Viva!

O Fundo Monetário Internacional, do qual somos associados, é uma organização capitalista.

A Comissão Europeia, organismo executivo da União Europeia sem legitimidade democrática, ao contrário do Parlamento Europeu, é um ponto de encontro entre o socialismo que defende uma Europa Federal e o capitalismo selvagem que defende a exploração desumana.

No meio disto, estamos todos atentos às eleições na Finlândia que podem ditar uma recusa à ajuda a Portugal, como se isso importasse – a Constituição Europeia, lembremo-nos, foi passada a Tratado para evitar vetos dos países que tinham de a levar a referendo. Não estamos a lidar com uma organização democrática!

O F.M.I. é apolítico – tanto intervém em ditaduras como em democracias. E para o F.M.I., não há interesse em ter países falidos ou endividados – embora isso dê dinheiro a ganhar aos outros membros -, porque é uma organização que só tem sentido numa óptica de liberdade.

A Comissão Europeia vive para alimentar a tecnocracia. O único propósito desta instituição é a nivelação económica das várias regiões da União Europeia. E não há-de ser por meia-dúzia de países (ou só a Finlândia) recusarem a salvação de outros membros da Zona Euro que isso não há-de ser feito – basta mudar as normas jurídicas…

Parece-me consensual que quem arruinou a nossa economia não foram os economistas… Foram os políticos! Portanto, não é de admirar, tendo em conta aquilo que referi acima, que os nossos economistas prefiram aceitar as regras do F.M.I. e não as da Comissão Europeia.

Tendo tudo em conta, por maléfico que possa parecer dizer isto, espero que a Espanha caia! Pode ser esse o gatilho para acabar com esta política monetária que estimula o endividamento nuns países e faz recair os custos desse endividamento nos países que têm as contas em ordem – para além de impedir os países endividados de resolverem o problema por conta própria.

Um espaço em que pessoas e bens circulem livremente, sim! Políticas socialistas, não!

Cumprimentos!

António Gaito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: