Cada emprego “verde” gera entre dois a sete desempregados

Viva!

Sócrates MENTIU neste debate, ao dizer que as renováveis geraram mais de cem mil empregos em Portugal. Empregos efectivos são, talvez, uns dez mil – os outros foram temporários e em número menor. Um novo estudo, agora, vem realçar o custo real de cada um destes empregos que deixam Sócrates orgulhoso.

Via Espectador Interessado, chega-nos este documento de dois investigadores canadianos: PS9106_GreenJobs_AP12F1. A conclusão mais notável vai de encontro àquilo que eu já tinha referido sobre o custo de cada um destes empregos “verdes”. Segundo estes investigadores, nos países europeus estudados, cada emprego destes é responsável por entre dois a sete desempregados!

Ora, se acreditarmos nos dados da OCDE, tendo em conta a realidade espanhola de 2,2 desempregados por cada emprego “verde”, a mais baixa apresentada neste estudo, a aposta nas renováveis lançou 22.000 portugueses no desemprego. As mesmas contas por baixo, a acreditar nas palavras do Primeiro-Ministro, representam 222.000 desempregados!

Além de MENTIROSO, José Sócrates é um SOCIOPATA por se orgulhar disto!

Cumprimentos!

António Gaito

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: