Inflação homóloga em Abril foi menos que o anunciado pelo INE

Viva!

O Instituto Nacional de Estatística (INE), seguindo a religião económica que tem por dogma chamar inflação ao Índice de Preços ao Consumidor (IPC), anunciou um valor de 4,1% para Abril de 2001, em relação a Abril de 2010: 11IPC042011[1] Como já defendi várias vezes, inflação é o aumento da massa monetária, sendo o aumento do IPC uma consequência desta.

Pois bem, sem perceber mais de economia que aquilo que aprendi no primeiro ano de Direito e com as leituras posteriores, fiel ao conceito de inflação que defendo acima, fiz as contas com base neste ducumento: bsi_maflows. Não em relação a Abril, pois o Banco Central Europeu ainda não tem os dados disponíveis, mas, a Março. E, contra os 4% de aumento do IPC em Portugal, o aumento da massa monetária foi de aproximadamente 2,8%. Uma diferença entre 0,1 a 0,2 pontos percentuais da “taxa de inflação” estimada pelo Eurostat para a Zona Euro.

Assumindo que a Zona Euro, para efeito de cálculo da inflação, não pode ser dividida – ou seja, não há inflação portuguesa, mas, de todo o espaço económico – por constituir um espaço monetário único, os europeus estão a ser enganados! Não pretendo ofender os técnicos que calculam estes valores, mas sim, os políticos que tutelam as instituições que os publicam…

O IPC, como já expliquei e como se define no final do documento do INE (é actualizado anualmente), não passa de uma artimanha política que pode ser manipulada conforma a conveniência da tutela. Porque razão, então, o IPC em Portugal é superior à inflação real?

Porque nos países que mais contribuem para o financiamento das ovelhas-negras da Zona Euro, os que têm as contas em ordem, o IPC apresentado é inferior. Ou seja, os alemães, finlandeses, holandeses, et cetera, estão a ser roubados pelos respectivos Estados: como o IPC é inferior à inflação real, as actualizações salariais são menores, o que lhes tira poder de compra… Tal como costumava acontecer em Portugal até há uns anos atrás.

Assim, com base nos dados de Março, não podemos acreditar que a inflação homóloga em Abril deste ano foi de 4,1%. A inflação – aumento da massa monetária – terá sido inferior a 3%. O IPC, que o INE contabiliza em 4,1%, terá sido maior! Porque no apuramento do IPC conta-se um cabaz de produtos que convém ao poder político, anualmente actualizado para não causar pânico entre as massas.

Bem-vindos à Europa em que nem podemos empobrecer alegremente!

Cumprimentos!

António Gaito

2 Respostas to “Inflação homóloga em Abril foi menos que o anunciado pelo INE”

  1. David Jorge Says:

    Nao estás a esquecer o crescimento do PIB? Ou para ti inflação é mesmo igual ao crescimento da massa monetária e não estás a usar a Teoria Quantitativa da Moeda?

  2. quartarepublica Says:

    No meu entender, o PIB não tem qualquer relação com a inflação. Considero esta, tal como faziam os pioneiros da escola austríaca de pensamento económico, um sinónimo de expansão monetária.
    Aprendi a teoria quantitativa em Economia Política e não demorei a rejeitá-la. Quando muito, é um bom método heurístico para relacionar as variações do M1 com o Índice de Preços ao Consumidor. Mas, a prática mostra-nos que só serve para justificar a expansão monetária pelo crédito e, mesmo que isso se reflita no PIB, não é sinónimo de crescimento económico – que eu entendo como criação de riqueza real.
    A circulação de moeda fiduciária pela economia, juntamente com a nova moeda que aparece como cogumelos nos balanços, não é riqueza! In extremis, é uma fraude generalizada… Daí as crises cíclicas do capitalismo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: