Halo solar em Fátima – um exemplo da irracionalidade religiosa

Viva!

Como tive o privilégio, partilhado por cada vez menos portugueses, de estar a trabalhar durante este Fim-de-Semana, só agora posso partilhar com os leitores este pensamento: em cerca de 1700 anos de Igreja Católica na Europa, se a religião não tivesse demonizado o conhecimento científico, arrastando a nossa civilização para um milénio de trevas a que chamamos Idade Média, muitos “milagres” teriam sido tratados como aquilo que realmente foram – fenómenos naturais, doenças mentais ou fraudes!

Embora este fenómeno meteorológico, sobejamente conhecido, não passe de um fait-divers para nos distrair de coisas mais importantes, há que tratar a reacção dos crentes e da comunicação social por aquilo que é: uma irracionalidade. É perigoso negar todo o conhecimento científico, obtido a tanto custo contra as elites político-religiosas cuja autoridade sempre dependeu da ignorância popular, e associar um evento natural comum a um “milagre” – algo que, para além das crenças religiosas, reconhecidamente não existe.

Sobretudo, num momento em que emerge uma religião substituta  no Ocidente – o ecologismo -, dependente do analfabetismo científico das massas, é preciso desmascarar este fenómeno! O que aconteceu a 13 de Maio de 2011 em Fátima, acontece todos os dias em várias partes do mundo: um halo solar de 22°.

Este acontecimento, se serviu para mostrar que a fé não depende da razão – daí a dificuldade em lidar com os fundamentalismos religiosos que ameaçam as democracias -, também servirá como motivo para um artigo futuro em que abordarei os alegados “milagres” de 1917 e a fraude que envolve o “terceiro segredo de Fátima“.

Cumprimentos!

António Gaito

11 Respostas to “Halo solar em Fátima – um exemplo da irracionalidade religiosa”

  1. Anonimo Says:

    O que é facto que o Halo não é comum, nos meus largos anos de vida nunca sequer tinha ouvido falar de tal coisa, e sou engenheiro… enfim.
    É verdade que é um fenómeno Optico como se pode ver, mas no momento em que o Halo surgiu, é que torna a coisa mais curiosa, foi no momento de um video passado a cerca do Papa João Paulo II, agora um Halo ocorrer nesse momento acho a coisa, ou muitissima coincidência ou terei que passar a palavra aos Católicos e dar a razão do Milagre, e não me inclino tanto para isso ter ocorrido ao acaso, acho que devo dar razão aos crentes… Embora possa (duvido..) ter sido uma raríssima e tremenda e anormal, e estranha coincidência.

    Cumprimentos religiosos, anónimo.

  2. Anonimo Says:

    E já agora, acho uma estupidez estar a insultar os Católicos dessa forma tão absurda e anormal.
    Em termos físicos sabia que, segundo a 2ª Lei da Termodinâmica que diz que as coisas tendem, à medida do tempo, a piorar? Eu concordo perfeitamente, e acho que o Mundo está a enlouquecer.
    Um Mundo onde não à costumes, respeito, educação, moralidade, noção dos seres Humanos que somos, um mínimo de senso, nada nada, a idade média talvez tenha sido das melhores épocas que o Mundo já sofreu, com honra e glória, mas hoje em dia?
    Droga, sexo adolescente, homossexualidade cada vez mais comum, a descristianização a nivel mundial, enfim, meus amigos, o mundo está a dar sinais do fim.

    Não só em factos Naturais e científicos senão ainda como na realidade que nos envolve, uma realidade de loucos, tresloucados, tarados, a nível politico e social, não sei onde isto irá parar, e tu meu amigo, um dia verás que realmente não estás no planeta Terra por acaso, porque afinal todos viemos criados por algo para vir a este Mundo, e a minha experiência fala que a única coisa que pode gerar vida antes de ela ter existido é Deus.

    Espero que reflictas sobre este meu raciocínio, e desta realidade e verdade.

  3. Anonimo Says:

    Ainda curioso da tua parte, fenómenos naturais, deve ter havido muitos, mas eles existem porque!? Deus permitiu que eles existissem, a Igreja só serve para uma coisinha, para te fazer ver que em triliões de galaxias o unico planeta com vida até agora é o nosso, e que a vida não surgiu na Terra por acaso, nós seres humanos não surgimos por acaso, e para comunicar aqui:

    Já foram provados milagres a nível cientifico!! Não precisam de se revoltar, até a ciência já os provou!!

    Sem Deus não vais a lado nenhum, e mais não digo, vive em Paz.

  4. quartarepublica Says:

    Antes de mais, devo dizer que o exercício das liberdades democráticas não pode ser feito sob a capa do anonimato…
    Não posso discorrer sobre os seus conhecimentos, mas, a sua ignorância do fenómeno não o faz menos comum. Esse é um argumento falacioso. No momento em que escrevo, está a trovejar e não será, certamente, por causa do meu ateísmo!
    Não insultei os católicos… Coloquei de forma crua a verdade histórica e, se quiser estudar um pouco, não encontra qualquer mentira naquilo que disse. Ou, no seu entender, a verdade ofende?
    Não percebo porque invoca a 2ª Lei da Termodinâmica, mas, aconselho-o a estudar um pouco de física antes de voltar a invocá-la… Traduzindo por miúdos, os sistemas em contacto tendem para o equilíbrio, por exemplo, se meter um saco de gelo numa panela de água a ferver, ao fim de algum tempo, as duas massas de água vão estar à mesma temperatura.
    Dou-lhe os parabéns por denunciar o seu sistema de valores que, entre outras coisas, inclui a tirania e a intolerância. Já agora, acreditando que diz a verdade sobre ser engenheiro, saiba que na Idade Média muito do que você faz valer-lhe-ía a condenação à morte por alquimia. Não sendo psiquiatra, atrevo-me a especular que haja para aí uma homossexualidade reprimida ou uns abusos sexuais na adolescência…
    Não coloco em causa a sua crença num criador, mas, a negação do conhecimento científico.
    Desafio-o a apresentar provas de um “milagre”…
    Só não lhe respondo «antes só que mal acompanhado», porque respeito a fé que as pessoas praticam na sua vida privada. E reconheço, no caso de Portugal, a importância histórica e social da Igreja Católica no tempo presente.
    E, por favor, já não estamos no tempo da Inquisição, portanto, responda ao desafio que lhe lanço com o seu nome!
    Cumprimentos!

  5. José Says:

    Não se sabe se foi efectivamente um halo solar.

    O sinal no céu surgiu a 13 de Maio, à hora das aparições de 1917, em Fátima, e quando surgiu a imagem/homenagem de João Paulo II o Papa do 3.º terceiro segredo de Fátima. Voltou a ressurgir na procissão do adeus.

    Coincidências a mais

  6. José Says:

    O milagre não desafia as leis da natureza.

    Está até de acordo com a ciência quântica e a teoria do multiverso. Já leram «A física do cristianismo»?

  7. quartarepublica Says:

    Caro José, atente na definição de “halo solar de 22 graus”… O que me está a dizer é o mesmo que questionar se é Coca-Cola ou água do Luso, com a lata à frente!
    Quanto ao Papa Wojtila ser o «Papa do 3.º terceiro segredo de Fátima», tenho um artigo em preparação sobre o assunto que é capaz de deixar muitos católicos desiludidos com o aproveitamento que certos clérigos fizeram da questão.
    Por não desafiar as leis na natureza é que não é um milagre.
    Caríssimo, não sei o que a física quântica tem a ver com isto… Não percebo onde é que as teorias sobre universos múltiplos encaixam num fenómeno meteorológico!

  8. Dr. Rafael Says:

    Vou propor aqui desde já um raciocínio meu acerca desta Temática. Antes de mais penso que o senhor é um pouco ignorante, porque para além de estar informado acerca dos conteúdos físicos ou naturais demonstra de facto falta de racionalidade lógica.

    Então:
    Um Halo Solar, que é um fenómeno raro (e você sabe bem que o é) pode surgir, num dia tão especial para os Católicos como o Dia da Nossa Senhora De Fátima? Ainda mais detalhadamente, surgiu precisamente no momento em que estava a ser passado um filme acerca do recente Beato Papa João Paulo II (quando este disse que “Fátima é a janela para o Céu”), e que ainda surgiu no chamado “Adeus à Virgem”, um momento de homenagem a Nossa Senhora de Fátima.

    Como todos os Ateus, e como o Senhor, que seguem uma corrente de pensamentos me pode explicar isto sem usar a celebre palavra que todos os Ateus utilizam para tentar explicar um fenómeno considerado milagre mentira, a coincidência.
    Explique-me, pode ser que me consiga convencer de algo que eu não estou convencido.

    Sou um Católico convicto e praticante, deixe-me dizer uma coisa:
    Pode saber muito de ciência, pode ser um génio como Einstein que foi considerado um Deus (apesar de ter destruído metade do Japão), pode ser isso tudo, até considerar-se um Deus de si próprio mas faltar-lhe-à em todos os momentos da sua vida, até a morte duas coisas fundamentais: a verdade e o verdadeiro sentido de existir no Planeta Terra.
    E se Deus existir? O que lhe poderá acontecer? A caso não sabe que O planeta Terra foi feito para existir vida, o facto dos Dinossauros se terem extinguido parcial e totalmente não o remete para uma ideia de que isso poderá ter acontecido para que pode-se existir um Ser racional? Ou ainda pensa que o Homem existia com repteis assassinos?

    O facto de este ser por enquanto o único planeta com vida até aos dias de hoje não o remete para uma ideia de pânico? Ou ainda o facto de estar provado cientificamente milagres bíblicos como a passagem no mar Vermelho (como o senhor é culto demais deve estar a “par da situação”).
    Os Ateus temem, porquê? Que afinal estejam enganados e exista de facto um Deus Divino que tudo fez para a existência Humana.
    Talvez tenha interpretado mal o Sr. Anónimo mas a 2ª Lei da Termodinâmica baseia-se numa grandeza chamada Entropia, deve conhecer, já que sabe tudo… E deve saber que a Entropia indica que tudo o que existe só tem um caminho, o caminho para a desordem. Talvez o Mundo esteja mesmo ficar descristianizado e comece a haver a desordem. Quer a níveis políticos, sociais, naturais, como o sr. anónimo indicou.

    Como?! A 2ª Lei da Termodinâmica tem haver com o equilíbrio térmico?!
    Retiro tudo o que disse acerca da sua alta cultura, de facto agora se vê a mentira dos Ateus.
    Talvez esteja a confundir com a Lei Zero da Termodinâmica, mas enfim desceu um pouco na minha consideração aliás, não está a fazer mais do que lhe ensinaram, a ir à Wikipédia para ver as primeiras baboseiras que lhe aparecem em frente.

    Agora não só é pobre em raciocínio como ainda consegue ser ignorante, mas escute, não estou aqui para insultar ninguém, apenas para o corrigir, atacou os Católicos de uma forma cruel, burra com falta de argumentos críticos e analíticos, e antes que alguém possa ver esse seu texto rídiculo, afirmo que é graças a uma presença divina, Deus, que existe um Halo Solar.

    Termino assim o meu sermão, espero que pare para pensar na sua cadeira com sofá para meditar um pouco nas minhas directas palavras.

  9. antonio Says:

    Boa malha sim senhor, gostei!
    Vá meu caro Ateu, responde-me ao que disse o Sr. Rafael, que penso que seja uma pessoa que sabe o que diz, responde lá!

  10. quartarepublica Says:

    Caríssimo Rafael. Antes de mais, agradeço o tempo que disponibilizou para o debate. Como é costume, tratando-se desta forma de redigir comentários, vou responder parágrafo a parágrafo…
    Reconheco a minha ignorância – nem me arrogo em especialista – sobre a física ou a natureza. Mas, no que diz respeito à lógica, o meu modo de pensar segue as regras consensuais. Portanto, acho que trocou um pouco os argumentos neste ponto.
    Amigo… Todos os dias, em várias partes do mundo, há Halos Solares de 22 graus, de 60 graus e, até, Sóis duplos. Tudo tem a ver com a composição da coluna atmosférica – tema que, devido ao mito do “aquecimento global”, me levou a criar este blog por ter estudado o assunto a fundo. Posso até dizer-lhe que um dos fenómenos naturais mais lindos que já apreciei foi um halo lunar, em Redondo, no Verão de 2009. Por acaso, estava a urinar junto à ermida de S.Pedro – o ponto mais alto da região, a seguir a Évoramonte, de onde se pode apreciar a evapocondensação resultante do Alqueva. Vai-me dizer que isso se deveu à minha profanação do local sagrado? A mim, que fui um dos maiores defensores da preservação daquela ermida; que passei um Verão a escavar voluntariamente para salvar o máximo possível, antes de o comuna da Câmara fazer ali uma estrada?
    Não tenciono demovê-lo da sua fé… Acredite naquilo que quiser, mas, aceite os argumentos em contrário e, se for caso disso, refute ou aceite. A Fé não precisa da Razão, mas, se a quiser justificar a primeira com a segunda, utilize as regras da segunda. Se sentir ameaça à sua crença, então, não a discuta para não ouvir o contraditório!
    Também já fui católico – pré-seminarista. E, desculpe-me, não há católicos praticantes e não-praticantes! Ou são católicos ou não são! Não conheço ninguém de bom-senso que endeuse Einstein e, se fala das bombas atómicas detonadas no Japão, duas cidades não fazem metade do país! Aliás, se é católico, acredita no livre arbítrio, portanto, não pode culpar o homem que ensinou ao mundo que os átomos pesados podem ser cindidos artificialmente, pelo uso que outros deram a esse conhecimento! Não preciso de outro sentido para existir que não fazer o melhor para ser feliz e fazer os outros felizes…
    Se um Supremo Arquitecto do Universo existir, partindo do princípio que será a divindade judaico-cristã, julgar-me-á por aquilo que fiz… E estou tranquilo em relação a isso. Se neste planeta a evolução é a excepção, sendo a extinção a regra, maior a nossa obrigação de usar todo o conhecimento ao nosso alcance para sobreviver e sermos felizes!
    O nosso conceito de vida não foi exportado para outros mundos por ainda não os termos explorado! E não há “milagres” provados… Até lhe posso dizer, com a autoridade de arqueólogo, que o exemplo sobre a fuga do Egipto – que acredito ter uma base histórica – tem “pernas curtas”! Até é capaz de ficar abananado se lhe disser que o evento descrito no Pentateuco terá decorrido no reinado de Ahmoses, e não de Ramsés II!
    Enquanto ateu, só temo os outros Homens…
    Se quer falar sobre as Leis da Termodinâmica, reconheça o que elas representam! Não as manipule conforma lhe convém… Agradeço que me explique qual a relação entre a Lei que me explica o facto de um balão cheio se esvaziar – tendência para o equilíbrio – e as religiões! Ao fazer estas confusões está a explorar a ignorância científica das massas. Seja sério, por favor!
    Não preciso de uma licenciatura em física para saber que NÃO EXISTE uma Lei Zero… Basta estar informado.
    Pegando no seu argumento – já nem refuto ter insultado fosse quem fosse! – eu também «afirmo» que é graças a Deus que existe conquista, guerra, fome e morte! Mas, sendo franco, se atribuo isso ao Homem, também lhe devo atribuir o resto…
    Termino com um agradecimento pelo debate, mas, lanço o repto de não voltar a confundir argumentos lógicos com dogmas. É que os primeiros não podem competir com os segundos!

  11. Dr. Rafael Says:

    As minha desculpas pelas minhas rudes palavras.
    Quando falei na contaminação radioactiva que se propagou e ainda existe numa vasta área do Japão, apenas tentei usar uma expressão simples e comum para o senhor entender que foi mais um acto demoníaco do Homem…
    O senhor é arqueolo? Então é comum ser Ateu, maioritariamente os arqueolos (por mais curioso que seja) o são…
    Continuando, não estou aqui a dar-lhe aulas de Física, e sim, a Física é uma “coisa” fascinante e apaixonante, interpretada como cada um dicidir que deve ser interpretada.
    Mas pensa, de alguma forma que um mero estudo me convence para provar factos, não deve ter percebido bem o que eu quero dizer, os milagres não partem apenas da Sagrada Escritura, mas sim, não só a nível histórico como também a nível espiritual.
    Não percebo, o senhor foi Católico e já não é? O senhor não foi nada, foi um simples cidadão como tantos outros com curiosidade de experimentar, “cuscuvilhar” o que se passa dentro de uma Igreja, e deixa-me que lhe diga, para apostatar contra Deus, contra a Igreja e contra tudo o que é um facto.
    Pensa o quê? Se fez algo por uma capela foi apenas porque está interessado na conservação dessa. Pois olhe, está muito longe da realidade, o fim para todos nós é certo, se acha que viver não tem qualqer sentido pois viva à vontade e morra como quiser, já assisti a casos de pessoas com AVC, ateus, que não morreram e se tornaram cristãos por terem tido visões de anjos, etc.. Pois olhe, isso nem o senhor nem mais ninguém neste mundo explica, aconselho-o a mudar de corrente de pensamento, está na errada.
    Mas cada um sabe de si, não gastarei mais palavras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: