Uma empresa de sucesso

Miguel Xara-Brasil, Teresa Caeiro, José Pereira da Costa e Pedro Mota Soares.

Viva!

Num momento em que  a economia portuguesa está de rastos, os bons exemplos precisam de ser conhecidos. A Codan é um desses bons exemplos: emprega mais de 400 pessoas na fábrica de Odivelas, no final deste mês já terá contratado mais 34 desde o início do ano e é a maior exportadora de material médico do país. Nas palavras do director-geral da empresa em Portugal, José Pereira da Costa, a razão do sucesso é a competitividade e as boas práticas empresariais.

As dificuldades desta empresa são as mesmas das outras: carga fiscal elevada, absentismo a rondar os 20%, custos elevados com a energia e com a logística e a concorrência das economias emergentes. Porém a produção é toda exportada!

Sendo uma fábrica orientada para o mercado exterior, uma das questões que levantei no encontro com o director-geral foi se não seria mais barato enviar as cargas por via ferroviária, em vez de camiões. «Os clientes não esperam!» É curioso como uma frase tão simples consegue demolir os argumentos daqueles que promovem o comboio como alternativa mais barata e ecológica face ao transporte rodoviário e nos tentam impingir um TGV com custos incomportáveis…

Cumprimentos!

António Gaito

Uma resposta to “Uma empresa de sucesso”

  1. A energia no programa de governo do P.S.D. « Quarta República Says:

    […] outras coisas, na diferença de bitola entre a Península Ibérica e o resto da Europa, além de não dar resposta às necessidades de muitas […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: