Archive for the ‘Pseudo-ciência’ Category

A Máfia Verde: Greenpeace, lobby da renováveis, U.E. e I.P.C.C.

17/06/2011

Viva!

Isto é muita informação para digerir, portanto, para saberem quem nos anda a ir ao bolso, vão seguindo as hiperligações. (more…)

Tese de Doutoramento – «A ideologia do aquecimento global»

13/06/2011

Viva!

Conhecida através do Ecotretas e já comentada pelo Professor Pinto de Sá: 2011_DanieladeSouzaOnca[1]. Esta tese de doutoramento, mais que contribuir para reduzir a pó as ruínas do eco-fascismo, vem provar a transversalidade política da ciência, quando feita com seriedade. (more…)

Coitados dos pepinos espanhóis!

01/06/2011

Viva!

Tiro o chapéu ao Ecotretas por se ter adiantado à “velha Europa” aqui e aqui, antes de a comunicação social ter lançado o pânico infundado! (more…)

O lento apodrecimento do I.P.C.C.

18/05/2011

Viva!

O descrédito em que o Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (I.P.C.C.) caiu, tem sido largamente abordado no Quarta República. Agora, através de uma sentinela propagandística outrora conceituada, a revista Nature, chega-nos a notícia que o I.P.C.C. vai ser reformado. Em vez de ser extinto… (more…)

Biomassa – uma hipocrisia ecologista

11/05/2011

Biomassa inclui lenha, o combustível mais usado no Haiti.

Viva!

Vou tentar explicar de forma simples, para que todos entendam, porque é que os ecologistas são hipócritas ao defender a biomassa como combustível. (more…)

Parvoice da semana – rap do climatologistas

11/05/2011

Conferência – «A sustentabilidade climática em espaços culturais». Potencial chorrilho de disparates…

10/05/2011

 Pela importância e oportunidade do tema, em nome do Senhor Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa apresentamos-lhe o convite para a conferência «A sustentabilidade climática em espaços culturais», que decorre no próximo dia 24 de Maio de 2011, na Sala das Extracções da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (Largo Trindade Coelho, Lisboa). (more…)

A origem do “Aquecimento Global”

04/05/2011

Viva!

Para quem não conhece a história do alarmismo sobre o alegado “aquecimento global”, este documento é um bom ponto de partida: history_of_the_global_warming_scare. (more…)

Caracois, alterações climáticas e pseudo-ciência: quem gostar, coma-os…

04/05/2011

Viva!

Isto nem merece o trabalho de escrever um artigo, mas, só para dar a conhecer o absurdo a que os pseudo-cientistas com agendas políticas chegaram: journal.pone.0018927[1] – publicado na prestigiada PLoS ONE. (more…)

Ecologismo como religião

30/04/2011

Michael Crichton

Viva!

Já, por várias vezes, tenho defendido que o ecologismo tornou-se um fenómeno religioso. Não tenho, porém, conseguido argumentar de forma tão concisa e brilhante como fez Michael Crichton. (more…)

“Cap and trade” – mais um esquema para empobrecer o Ocidente

27/04/2011

 

Viva!

Tenho, nos últimos dias, lido alguns dos estudos e ensaios que o S.P.P.I. disponibilizou gratuitamente.  Um documento, em especial, captou a minha atenção por ligar dois temas que me são caros: a moeda fiduciária e o “cap and trade“. Nunca me tinha apercebido que os créditos de carbono, no fundo, são apenas outra forma de moeda inventada! (more…)

Tempo e Clima – uma confusão nada inocente

22/04/2011

Oscilação do Atlântico Norte - gráfico regularmente actualizado na barra lateral deste blog.

Viva!

Já me irrita a confusão sistemática entre “tempo” e “clima“! Um tromba-de-água, como a que ocorreu no Algarve, é um fenómeno meteorológico e não “climatérico” – palavra que os ignorantes utilizam quando querem dizer “climático”… Ele são as legendagens e dobragens mal feitas, os notíciários e jornais que desinformam, os “manda-bitaites” da internet… E, como a lavagem cerebral foi tão bem feita, não é possível ter uma conversa com um leigo na matéria em que esta confusão não apareça! (more…)

George Monbiot – um dissidente ecologista?

19/04/2011

Viva!

George Monbiot, um dos mais conhecidos propagandistas do alarmismo climático, parece cada vez mais um dissidente do movimento “verde”.  Depois da sua “conversão” a apoiante da energia nuclear, não hesita agora em afirmar que os ecologistas enganaram o mundo sobre os perigos da radiação. Os artigos escritos para o jornal Guardian sobre este tema podem ser consultados aqui: http://www.monbiot.com/category/nuclear/.

Quem sabe se Monbiot não virá a ser tão odiado pelos ecologistas como o co-fundador da Greenpeace, Patrick Moore! A julgar pelas vozes “verdes” que já o atacam por se limitar e exigir factos correctos, rigor científico e honestidade intelectual…

Cumprimentos!

António Gaito

Desemprego – como o ecologismo enganou os políticos

17/04/2011

A fraude dos “refugiados do clima”

16/04/2011

O mapa que a O.N.U. tentou esconder.

Viva!

Via Watts Up With That, chega esta história imperdível sobre a O.N.U. e a tentativa de apagar a previsão, feita em 2005, de 50 milhões de refugiados em 2010, vítimas das alterações climáticas… Agora dizem que é em 2020. Mas, não conseguiram apagar a propaganda toda.

Cumprimentos!

António Gaito

OCDE recomenda impostos ecológicos

12/04/2011

Respeitosamente roubado de http://educar.wordpress.com

Viva!

A O.C.D.E., imersa no sentimento anti-capitalista e anti-desenvolvimento que fustiga as sociedades desenvolvidas e democráticas, apresentou uma avaliação ao desempenho ambiental do nosso país que, apesar de ter sido pago com dinheiro dos contribuintes, só o resumo está disponível sem pagar: 47466384.

O fim dos subsídios às eólicas é recomendado, não por ser um desperdício de verbas, mas, como meio de aumentar artificialmente o preço da electricidade e impôr uma redução no consumo! Um imposto especial sobre as mais-valias na venda de terrenos agrícolas para urbanização – algo que devia ser proibido – também é recomendado, não para proteger a economia agrícola, mas, como fonte de receita extraordinária! Congratulam-nos por, devido ao abrandamento da economia, termos reduzido as emissões de CO2 – e desafiam-nos a continuar assim! E ainda recomendam impostos especiais sobre segundas habitações, habitações no litoral, veículos que emitam dióxido de carbono, etc… No meio deste assalto aos bolsos dos portugueses, ainda elogiam os 10.000 empregos verdes criados pelo “desgoverno” (pena que a maior parte tenham sido ou sejam temporários e, por cada um, para aí uns seis tenham sido perdidos na economia real como consequencia directa da reafectação de verbas ) e o investimento milionário nas fotovoltaicas, como aquela história muito mal contada de Abrantes.

O que podemos perceber do documento é que, para não parecer mal, mandamos dados “ajustados” para lá; eles, como pensam que temos o pescoço folgado, recomendam que apertemos um pouco mais a corda!

Cumprimentos!

António Gaito

O regresso do eugenismo?

11/04/2011

Viva!

Os adeptos das teorias de conspiração chamam-lhe Nova Ordem Mundial. Eu, honestamente, não sei o que é, mas, não posso deixar de sentir as minhas liberdades cada vez mais ameaçadas quando a ciência (ou pseudo-ciência) é colocada ao serviço de qualquer agenda política.

Um novo artigo na área das neurociências alega que há diferencas entre os cérebros dos liberais e dos conservadores. No início do Séc. XX, os estudos genéticos abriram a porta ao eugenismo, com as terríveis consequências que conhecemos: esterilizações forçadas, mortes, limpezas étnicas, etc. Não sei qual a validade dos resultados deste estudo – não me apetece pagar 30€ para o ler -, mas, sei que pode ser aproveitado por muita gente com aspirações hegemónicas.

Cumprimentos!

António Gaito

A falta de ética da Greenpeace

11/04/2011

Viva!

Via Jo Nova, mais um vídeo em que a milionária igreja do ecologismo ataca o inimigo capitalista da maneira mais suja que as leis permitem. Desta feita, em vez de explodirem crianças hereges, usam uma criança para atacar um banco, num dos países onde esta religião tem causado mais estragos.

Cumprimentos!

António Gaito

Revolução científica ou fraude?

07/04/2011

O crâneo conhecido como «Starchild Skull».

Viva!

Normalmente, aponto logo o dedo a dizer «fraude!» Mas, os exames ao DNA relizados este ano são, no mínimo, intrigantes. A juntar às já misteriosas fibras no interior do osso…

Quem quiser conhecer vá a http://www.starchildproject.com/. O mais provável é ser outro “Homem de Piltdown“… Mas, também há a hipótese séria de ser como o “Homo floresiensis” ou algo ainda mais incrível!

Cumprimentos!

António Gaito

Sobrevivência das espécies ameaça modelos informáticos

05/04/2011

Viva!

De um dos autores do blog Ambio, chega-nos um estudo que vale aquilo que vale: «Climate change threatens European conservation areas» – j.1461-0248.2011.01610.x.

Parece que até 2080, cerca de 58% das espécies nas áreas protegidas da Europa vão perder um clima que lhes é favorável, o que pode fazê-las deslocar-se para outras áreas ou desaparecer. Em que é que se baseiam estas conclusões? Nos famosos modelos de previsão climática que não conseguem reconstituir o clima passado, nem explicar o clima actual, nem prever o clima futuro.

Nos 4,6 mil milhões de anos da Terra, sempre houve alterações climáticas. A maior parte das espécies que existiram no planeta extinguiu-se e uma pequena parte prosperou – a evolução é uma excepção, a extinção é a regra! Nestes 10.000 anos, desde o fim da última idade do gelo, estas espécies têm-se adaptado a todas alterações climáticas, às fases mais frias e às fases mais quentes. Parece-me, nesta tendência de arrefecimento, que a única coisa que tem a sobrevivência ameaçada são os modelos informáticos utilizados na previsão do clima…

Cumprimentos!

António Gaito


%d bloggers like this: